quarta-feira, 1 de maio de 2013

Rumo ao fim do mundo...


Sente-se no banco do carona no meu conversível, pegue uma cerveja e prepare-se pra uma longa viagem pela estrada do desconhecido ao som de uma boa música. Vamos visitar cada boa lembrança que temos enquanto passeamos por uma estrada deserta no meio do nada, rumo ao fim do mundo. Ao fim do mundo que nos decepciona. E ao começo de um novo que iremos moldar com nossas vontades.